18 de setembro de 2010

40 ANOS SEM JIMI HENDRIX

O guitarrista Jimi Hendrix, um dos maiores nomes da contracultura e a grande atração do festival de Woodstock, em 1969, morreu há exatos 40 anos, no dia 18 de setembro de 1970.

Eleito como o melhor guitarrista da história do rock por publicações como "Rolling Stone" e "Guitar World", Hendrix virou ícone da contracultura dos anos 60 ao se apresentar no festival de Woodstock, em 1969, tocando inclusive uma versão eletrificada do hino nacional americano.


A morte do músico, aos 27 anos, está cheia de mistérios. Ele foi encontrado morto em um quarto de hotel pela namorada Monika Dannemann, após ingerir nove pílulas para dormir e ter ingerido vinho tinto. A autópsia revelou que Hendrix morreu asfixiado pelo próprio vômito.

Porém Dannemann mudou seu depoimento em diferentes entrevistas, dizendo ter encontrado o músico ainda vivo e que ele teria morrido na ambulência, e que os empresários Gerry Stickels e Eric Barrett estiveram no quarto antes da chegada da ambulância e que levaram alguns pertences do músico, incluindo algumas anotações feitas por Hendrix.

Em 2009, o ex-roadie James “Tappy” Wright publicou o livro "Rock roadie" onde afirmava que Michael Jeffrey, ex-empresário de Hendrix, teria assassinado o músico.

ASSASSINATO OU OVERDOSE? O QUE IMPORTA AGORA É QU O MUNDO PERDEU O MAIOR GUITARRISTA DE TODOS OS TEMPOS!!!

Um comentário:

  1. É já se passaram 40 anos que perdemos a presença física do Jimi. Gostaríamos que conhecesse o nosso blog http://absintomuitorock.blogspot.com/ e a nossa banda http://www.myspace.com/absintomuito
    “O Rock Prevalece!”

    ResponderExcluir