12 de setembro de 2010

BARATA ANTIBIÓTICA

Sabe aquela barata nojenta em sua cozinha? O tecido cerebral e do sistema nervoso dela estão recheados de propriedades antibióticas poderosas. Pesquisadores da Universidade de Nottingham, no Reino Unido, descobriram que o material é capaz de eliminar mais de 90% das bactérias Staphylococcus aureus, resistente à meticilina (conhecida como MRSA), e Escherichia coli, sem danificar células humanas.

A pesquisa, liderado pelo cientista Simon Lee, identificou mais de nove moléculas diferentes nos tecidos dos insetos que eram tóxicos às bactérias. Estas substâncias podem auxiliar no desenvolvimento de novos remédios e tratamentos contra infecções bacterianas resistentes a combates convencionais, também com efeitos colaterais reduzidos.

Fonte: Revista Galileu

Nenhum comentário:

Postar um comentário