20 de setembro de 2010

BRASIL - MAIS CELULARES QUE HABITANTES

O número de acessos a telefones móveis no Brasil vai ultrapassar o total de habitantes até o final deste ano, segundo projeta o presidente da consultoria Teleco, Eduardo Tude, em entrevista ao jornal “O Estado de S. Paulo”. A previsão é de que a quantidade de celulares se torne maior do que a população brasileira em novembro.

Segundo a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), havia 164,9 milhões de acessos de telefonia móvel no país no mês de julho. Tude calcula que, até o final do ano, serão cerca de 200 milhões. A população brasileira é estimada em 193 milhões de habitantes.

Apesar disso, nem todas as pessoas terão o aparelho. Isso ocorre porque muitos usuários têm mais de um chip, principalmente pré-pagos. Pelos cálculos de algumas operadoras, cerca de 30% da base possuem mais de um chip.

Outro fenômeno que impulsiona o crescimento é a proliferação de outras máquinas – que não são telefones celulares – equipadas com chips de telefones móveis. São modems de banda larga sem fio, rastreadores de veículos, leitores de cartões de crédito e de débito, medidores de consumo de eletricidade e máquinas de venda automática, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário