2 de setembro de 2010

CENTENÁRIO DO CORINTHIANS - 03

No primeiro dia de centenário, o Corinthians tratou de cuidar bem de seu passado. Em uma cerimônia emocionante, com cerca de 5 mil torcedores, o presidente Andrés Sanches comandou a apresentação do novo marco da fundação do Timão, na esquina das ruas Cônego Martins e José Paulino, no bairro do Bom Retiro, em São Paulo. À luz de um lampião, assim como há 100 anos, o monumento foi revitalizado, ganhou grades de proteção e novas placas indicativas.

Às 19h10m em ponto (alusão a 1910, ano do nascimento do Alvinegro), os organizadores do evento retiraram a capa preta que envolvia o marco. Com muitos aplausos e uma grande queima de fogos, os corintianos entoaram o hino do clube e cantaram músicas alusivas ao centenário.

De lá, os torcedores partiram em caravana de carros, motos e até a pé para o Parque São Jorge para encerrar o dia de festejos. Lá, o grupo encontrou outros milhares de alvinegros que aguardavam o início da celebração com a presença de um trio elétrico e o grupo de pagode Samprazer. Houve queima de fogos e cânticos de incentivo.

Por volta das 22h30m, a Fiel abandonou a festa para homenagear o clube. Os torcedores formaram uma enorme corrente ao redor do Parque São Jorge, incluindo a área localizada na Marginal Tietê. De mãos dadas, cantaram parabéns e encerraram a noite com uma longa queima de fogos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário