20 de setembro de 2010

STOCK CAR 2010 - 8ª ETAPA - 3

Quase três horas após o término da corrida de ontem da Stock Car, em Campo Grande (MS), os comissários técnicos da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) desclassificaram cinco pilotos; entre eles, o vencedor Daniel Serra.

Além dele, Xandinho Negrão, sexto, Ricardo Zonta, sétimo, Cacá Bueno, oitavo, e Thiago Camilo, 16º, foram anulados do resultado final. No caso de Camilo, foi pela ausência dos três litros obrigatórios de combustível; os outros, por passarem informações erradas à direção de prova, após encostarem o carro na pista logo após a bandeirada final.

Com isso, o vencedor foi Nonô Figueiredo (Cosan Mobil Boettger), seguido de Marcos Gomes (Full Time Blau) e Ricardo Maurício (Eurofarma RC).

Nonô Figueiredo

As desclassificações, entretanto, não alteraram os classificados para a Super Final, que inclui as quatro últimas corridas: Londrina, em 10 de outubro, Santa Cruz do Sul (RS), em 24 de outubro; Brasília, em 21 de novembro, e Curitiba, no dia 5 de dezembro.

(Clique para Ampliar)
Houve, sim mudança de posicionamento:
1) Ricardo Mauricio (SP), 112 pontos
2) Átila Abreu (SP), 110 pontos
3) Nonô Figueiredo (SP), 87 pontos
4) Max Wilson (SP), 72 pontos
5) Cacá Bueno (RJ), 66 pontos
6) Marcos Gomes (SP), 62 pontos
7) Allam Khodair (SP), 58 pontos
8) Felipe Maluhy (SP), 56 pontos
9) Daniel Serra (SP), 56 pontos
10) Popó Bueno (SP), 43 pontos

Na Super Final, estes pilotos receberão uma nova pontuação, correspondente ao resultado de uma prova, mais 200 pontos de bônus para que não sejam alcançados pelos demais. Ricardinho, por exemplo, começará a etapa de Londrina com 225 pontos, compostos por 25 pontos pelo primeiro lugar e o bônus, Átila terá 220, e assim por diante, até o décimo Popó Bueno, que terá 206 pontos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário