30 de dezembro de 2010

FESTANÇA PARA LULA

Luís Inácio Lula da Silva terá que esperar pelo menos um dia para descansar após entregar a faixa a Dilma Rousseff. Depois da maratona da posse em Brasília, ele será recebido com uma festa popular em São Bernardo do Campo, (18 quilômetros a sudeste de São Paulo), ainda na noite de sábado (1).

Com aval da prefeitura petista, dirigentes do partido vão interromper o trânsito para montar um palanque em frente ao prédio dele, na avenida Prestes Maia. A promessa é de uma celebração longe do protocolo e, como reza o bordão carnavalesco, sem hora para acabar. "Queremos uma festa bem povão", diz o presidente municipal do PT, Wanderley Salatiel. "Vamos carregar o Lula nos braços. Vai ser como ele gosta: sem frescura."


A casa de Lula não fica em nenhuma das cidades que dão nome ao Brasil. É o último andar de um prédio alto na cintura industrial conhecida como ABC. A de Santo André. B de São Bernardo do Campo. C de São Caetano. Três cidades-cintura no Sul de São Paulo. A maior é São Bernardo, e foi lá que, em 1966, chegou um jovem operário de 20 anos à procura de emprego. Chamava-se Luis Inácio da Silva, era torneiro mecânico, deixara a pobreza do Nordeste em criança, vivia com a mãe e muitos irmãos em São Paulo, longe do pai alcoólatra.

Depois de se eleger presidente da República por duas vezes, Lula volta ao seu antigo endereço na Av. Francisco Prestes Maia, 1633, no bairro de Santa Terezinha, em São Bernardo do Campo. Lá ele possui o apartamento 122 (uma cobertura de 186 m2) do edifício Hill House.

O Hill House tem 48 apartamentos, com tamanho padrão de 120 m2 de área construída. Segundo declaração de renda do petista ao Tribunal Superior Eleitoral, o apartamento foi comprado por R$ 189 mil. Tem sala com dois ambientes, três dormitórios (uma suíte), um quarto reversível, copa, cozinha, lavanderia e uma escada em caracol que leva a um salão de festas privativo.

Nesta semana, faixas convocavam a população a tomar a rua a partir de 19h --a chegada do já ex-presidente é prevista para uma hora depois. Os petistas chamaram a Orquestra de Viola Caipira de São Bernardo e o cantor sertanejo Sérgio Reis para animar a militância. Mas a grande expectativa é por um discurso de Lula, o primeiro depois de deixar o poder.

Nenhum comentário:

Postar um comentário