31 de dezembro de 2010

MORRE "ROSIE, A REBITADORA"

Morreu em Michigan, aos 84 anos, Geraldine Doyle, a mulher que emprestou o rosto a "Rosie, a rebitadora" no famoso pôster da Segunda Guerra Mundial que posteriormente se transformou em um ícone da revolução feminista. Geraldine, que ficara viúva neste ano, morreu no último domingo, informou o asilo em que vivia.

No pôster "We Can Do It" ("Nós podemos fazer isso", em tradução livre), Geraldine aparece com o cabelo preso em um lenço e o bíceps à mostra para demonstrar que as mulheres também podiam colaborar na guerra.

Geraldine, então com 17 anos, serviu de inspiração para J. Howard Miller, autor do cartaz que posteriormente se tornou um dos grandes ícones da época. A fotografia que inspirou Miller foi tirada no período de duas semanas em que Geraldine trabalhou na metalúrgica de Ann Harbor, em Michigan.

Segundo o jornal The New York Times, a mulher desconhecia a existência do pôster até 1982, quando se reconheceu na imagem publicada em uma revista.

"Rosie, a rebitadora" teve cinco filhos, 18 netos e 25 bisnetos, e seu funeral será na próxima terça-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário