1 de janeiro de 2011

86ª SÃO SILVESTRE

Com muita festa, a Avenida Paulista reuniu mais de 21 mil inscritos nesta sexta-feira (31) na 86ª Corrida Internacional de São Silvestre. Sob temperatura de 24 graus, a prova feminina teve como campeã a queniana Alice Timbilili. Após conquistar o título em 2007 e ficar fora da prova nos últimos anos, a queniana retornou e fez bonito em São Paulo. De camiseta vermelha, short azul, tênis brancos e um ritmo invejável, Timbilili dominou a corrida e fechou 2010 com mais um título. Mais que isso, quebrou o recorde da prova, completando o percurso em 50m19s. A brasileira Simone Alves terminou em segundo, com o tempo de 50m25s. A queniana Eunice Jepkirui Kirwa chegou em terceiro, com 51m42s, seguida pela brasileira Cruz Nonata, com 51m51s.

No masculino, a vitória ficou com o brasileiro Marílson Gomes dos Santos, que venceu a São Silvestre pela terceira vez. Bem preparado, Marílson ultrapassou o adversário no elevado Costa e Silva. Barnabas Kiplagat, que já tinha vencido a Volta da Pampulha, assumiu a segunda colocação, mas não chegou a ameaçar o brasileiro. Marílson foi abrindo vantagem e, na parte final do percurso, já olhava para trás e conferia a ampla vantagem que tinha para o vice-líder. Ao cruzar a linha de chegada, o brasileiro mostrou três dedos da mão, em alusão ao tricampeonato. Só conseguiu dar mais alguns passos e curvou o corpo para frente.

Confira os tempos oficiais da prova masculina:

1. Marílson Gomes dos Santos (Brasil) – 44m07s
2. Barnabas Kiplagat (Quênia) – 44m49s
3. James Kipsang (Quênia) – 45m15s
4. Giovani dos Santos (Brasil) – 45m34s
5. Emmanuel Kipkemei Bett (Quênia) – 45m41s


Nenhum comentário:

Postar um comentário