7 de janeiro de 2011

RALLY DAKAR 2011 - 07

A sexta etapa do Rali Dacar, entre as cidades de Iquique e Arica, no Chile, teve Portugal fazendo a dobradinha entre as motos. Ruben Faria, da KTM, foi o primeiro. Hélder Rodrigues, da Yamaha, ficou 50 segundos atrás de Faria, que venceu a primeira etapa, mas foi punido depois pela organização do Dacar. Cyril Després terminou em terceiro, mas não conseguiu retirar liderança no geral de Marc Coma. Entre os brasileiros, Jean de Azevedo foi o melhor, com a 16ª posição, enquanto Vicente de Benedictis ficou em 82º. A nota negativa foi o abandono de Zé Hélio após quebrar a clavícula ao cair da sua moto.

Nos carros, massacre da Volkswagen um dia depois da BMW acabar com a invencibilidade na atual edição do Dacar. A equipe ficou com as quatro primeiras posições, encabeçados pelo espanhol Carlos Sainz, líder no geral. Em segundo ficou o qatari Nasser Al-Attiyah, com o sul-africano Giniel de Villiers em terceiro e o americano Mark Miller em quatro. Guilherme Spinelli foi o melhor brasileiro, com a nona posição na etapa, mantendo o oitavo lugar na classificação geral. Marlon Koerich terminou o percurso em 19º.

Entre os caminhões, vitória para o tcheco Ales Loprais, acabando com uma seca de quatro anos da Tatra. Em segundo ficou o líder do geral, o russo Firdaus Kabirov, e em terceiro Vladimir Chagin. O brasileiro André de Azevedo foi outro a abandonar o Rali Dacar depois de acertar um pequeno no morro no deslocamento de Iquique para o início da especial.

Confira a Classificação Geral após a 6ª Etapa:

Motos
1°. Marc Coma (KTM)
2°. Cyril Despres (KTM)
3°. Francisco Lopez Contardo (Aprilia)
4°. Helder Rodrigues (Yamaha)
5°. Ruben Faria (KTM)
6°. Jordi Viladoms (Yamaha)
7°. Jonah Street (Yamaha)
8°. Frans Verhoeven (BMW)
9°. Juan Pedrero Garcia (KTM)
10°. Stefan Svitko (KTM)

Quadriciclos:
1º. Alejandro Patronelli (Yamaha)
2º. Tomas Maffei (Yamaha)
3°. Sebastian Halpern (Yamaha)
4°. Pablo Sebastian Copetti (Yamaha)
5°. Christophe Declerck (Polaris)
6º. Josef Machacek (Yamaha)
7º. Rodrigo Ramirez (Can-Am)
8°. Daniel Mazzucco (Can-Am)
9°. Santiago Hansen (Polaris)
10°. Lukasz Laskawiec (Yamaha)

Carros:
1°. Carlos Sainz/Lucas Cruz (Volkswagen)
2°. Nasser Al-Attiyah/Timo Gottschalk (Volkswagen)
3°. Stéphane Peterhansel/Jean-Paul Cottret (BMW)
4°. Giniel De Villiers/Dirk Von Zitzewitz (Volkswagen)
5°. Krzysztof Holowczyc/Jean-Marc Fortin (BMW)
6°. Mark Miller/Ralph Pitchford (Volkswagen)
7°. Orlando Terranova/Filipe Palmeiro (BMW)
8°. Guilherme Spinelli/Youssef Haddad (Mitsubishi)
9°.Guerlain Chicherit/Michel Périn (Mini)
10°. Christian Lavieille/Jean Michel Polato (Nissan)

Caminhões:
1º. Firdaus Kabirov/Aydar Belyaev/Andrey Mokeev (Kamaz)
2º. Vladimir Chagin/Sergey Savostin/Ildar Shaysultanov (Kamaz)
3º. Ales Loprais/Milan Holan/Josef Kalina (Tatra)
4º. Eduard Nikolaev/Viatcheslav Mizyukaev/Vladimir Rybakov (Kamaz)
5º. Franz Echter/Detlef Ruf/Artur Klein (Kamaz)
6º. Ilgizar Mardeev/Vladimir Demyanenko/Ayrat Mardeev (Kamaz)
7º. Pep Vila/Moi Torrallardona/Peter Van Eeerd (Iveco)
8º. Marchel Van Vliet/Serge Bruynkens/Bernard Der Kinderen (Man)
9º. Mathias Behringer/Jochen Seiler/Hugo Kupper (Man)
10º. Artur Ardavichus/Denis Berezovskiy/Zhanat Zhalimbetov (Kamaz)

A próxima etapa será no domingo, com um percurso de 631 km para as motos e 611 para os carros e caminhões, entre as cidades de Arica e Antofagasta, ainda em território chileno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário