14 de fevereiro de 2011

O FIM DA NOVELA DA "TAÇA DAS BOLINHAS"

O São Paulo divulgou que receberá nesta segunda-feira, às 11 horas, o polêmico troféu Copa Brasil, conhecido popularmente como 'Taça das Bolinhas'. O presidente Juvenal Juvêncio receberá o prêmio das mãos da presidente da Caixa Econômica Federal Maria Fernanda Ramos Coelho. Na cerimônia, também estará presente o ministro do Esporte, Orlando Silva.

A entrega do troféu gera polêmica desde 2007, quando o São Paulo ganhou o Campeonato Brasileiro pela quinta vez em sua história. Quando foi criado, a Caixa prometeu entregá-lo justamente ao clube que conquistasse primeiro o torneio por cinco vezes alternadas ou por três vezes de forma consecutiva.

No entanto, o Flamengo também reivindica o prêmio, já que teoricamente é o primeiro pentacampeão - faturou o seu quinto título nacional em 1992. Mas a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não reconhece o título da Copa União de 1987. Na ocasião, os principais clubes brasileiros se uniram para criar uma liga alternativa à da CBF. A principal entidade do futebol brasileiro aponta o Sport Recife como campeão daquele ano.

A polêmica ganhou ainda mais força quando, no ano passado, a CBF resolveu reconhecer os títulos nacionais conquistados antes da invenção do Campeonato Brasileiro, entre 1959 e 1970. Se aquelas conquistas fossem levadas em conta, o Santos teria direito ao troféu, pois foi o primeiro pentacampeão.

No entanto, a 'Taça das Bolinhas' ficará mesmo com o São Paulo, que promete fazer festa após recebê-la.

Nenhum comentário:

Postar um comentário