14 de fevereiro de 2011

TÉRMINO DO HORÁRIO DE VERÃO - 01

Termina neste sábado, 19 de fevereiro, mais uma edição do horário de verão. Adotado desde 1985 ininterruptamente, o horário de verão está mais do que incorporado à cultura das regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e alguns estados do Nordeste. Hoje, a adoção desta medida no verão atende não apenas a uma necessidade conjuntural de oferta de energia elétrica, mas também a uma expectativa, principalmente da população mais jovem, por mais tempo com luz natural, propiciando mais lazer e segurança.

No Brasil, o horário de verão foi instituído pela primeira vez em 1931. A medida foi reeditada por mais dois anos, ficando sem utilização até o ano de 1949. A partir daí, mais quatro edições foram lançadas. Na década de 1960, a medida vigorou de 1963 a 1968. A sociedade brasileira passou a conviver rotineiramente com o horário de verão a partir de 1985.

A aplicação do horário de verão contribui para diminuir os riscos de sobrecarga de consumo em horários de intenso uso de energia no país. Esse horário, chamado de pico de consumo, estende-se das 18h às 21h. Nesse período, são ligadas lâmpadas da iluminação pública de milhares de municípios e coincide com o período de maior uso do chuveiro elétrico em casas e outros equipamentos eletrodomésticos. Ao contrário do que muitos imaginam, não há risco de faltar energia para consumo. O que ocorre nesse período é a utilização acima da média que força o sistema a trabalhar mais intensamente.

Com o horário de verão, há um deslocamento nos horários de consumo, pela mudança de hábitos na população e pela entrada tardia da iluminação pública no sistema. Nesse período, uma parcela da população opta pelo lazer ao ar livre, porque a luz natural perdura por mais uma hora. O fim de mais um período do horário de verão deixa essas lições. Com o esforço individual é possível obter soluções que beneficiam uma coletividade inteira.

NÃO SE ESQUEÇA! NO SÁBADO, QUANDO VOCÊ ESTIVER PENSANDO EM DEIXAR O BARZINHO, ATRASE SEU RELÓGIO E GANHE MAIS UMA HORA DE CACHAÇA!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário