29 de março de 2011

FIEL ATÉ A MORTE

No domingo (27), membros da torcida organizada El Índio, foram flagrados com um caixão no estádio General Santander, em Cúcuta, cidade localizada a nordeste da Colômbia, perto da fronteira com a Venezuela. Em campo, Cúcuta e Envigado, disputavam uma partida pela Liga Postobón, a 1ª Divisão do país.

Até aí, nada de tão espantoso, afinal, "enterros" de times são normais no futebol mundial. A não ser pelo fato de que dentro do caixão estava o corpo do adolescente, Christopher Jácome, de 17 anos, assassinado um dia antes, enquanto jogava futebol numa praça, em uma área pobre da cidade de Cúcuta. De acordo com a polícia, os integrantes da El Índio foram até a residência de Jácome, que estava sendo velado, e conseguiram autorização da própria família do jovem para levar o caixão até o estádio.

O adolescente era um dos líderes da torcida organizada e um dos mais radicais. Por isso, os membros da torcida organizada em questão decidiram fazer uma homenagem ao companheiro de clube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário