29 de maio de 2011

FÓRMULA 1 2011 - GP DE MÔNACO - 05

Neste domingo (29) aconteceu a 6ª etapa do Mundial de Fórmula 1, o GP de Mônaco, foi marcado por vários abandonos e um acidente onde a bandeira vermelha foi mostrada a apenas sete voltas do fim e que provocou a interrupção da prova.

E o maior beneficiado pela bandeira vermelha foi o alemão Sebastian Vettel, da RBR, que chegou ao seu quinto triunfo em seis provas. Mas foi com emoção, já que ele foi pressionado por Fernando Alonso e Jenson Button durante quase toda a parte final da prova. O espanhol da Ferrari terminou na segundo posição, a pouco mais de um segundo do alemão, e o inglês da McLaren completou o pódio, em terceiro.

Rubens Barrichello tinha uma tática diferente, de apenas uma parada, mas foi uma das vítimas do primeiro safety car da corrida, já que tinha feito seu único pit stop poucos momentos antes, e perdeu uma volta. Com todas as confusões da prova, ele acabou conseguindo subir para a nona posição e marcar os dois primeiros pontos seus e da Williams na temporada 2011 da Fórmula 1.

Felipe Massa, que tinha largado em sexto e estava disputando posições contra Webber e Hamilton, abandonou a prova na 32ª volta. O brasileiro da Ferrari, que tinha sofrido um toque do inglês da McLaren na curva Loews, bateu em seguida no túnel. Ele culpou o rival pelo acidente, graças ao entrevero entre ambos na curva mais lenta do campeonato.

Confira o resultado final do GP de Mônaco:

1 - Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) - 2h09m38s373
2 - Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - a 1s138
3 - Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) - a 2s378
4 - Mark Webber (AUS/RBR-Renault) - a 23s100
5 - Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) - a 26s900
6 - Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) - a 27s200
7 - Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) - a 1 volta
8 - Nick Heidfeld (ALE/Renault-Lotus) - a 1 volta
9 - Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth) - a 1 volta
10 - Sebastien Buemi (SUI/STR-Ferrari) - a 1 volta
11 - Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - a 1 volta
12 - Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) - a 2 voltas
13 - Jarno Trulli (ITA/Lotus-Renault) - a 2 voltas
14 - Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Renault) - a 2 voltas
15 - Jerome D'Ambrosio (BEL/MVR-Cosworth) - a 2 voltas
16 - Vitantonio Liuzzi (ITA/Hispania-Cosworth) - a 3 voltas
17 - Narain Karthikeyan (IND/Hispania-Cosworth) - a 3 voltas
18 - Pastor Maldonado (VEN/Williams-Cosworth) - a 5 voltas/acidente

Não completaram a prova:
Vitaly Petrov (RUS/Renault-Lotus) - a 11 voltas/acidente
Jaime Alguersuari (ESP/STR-Ferrari) - a 12 voltas/acidente
Felipe Massa (BRA/Ferrari) - a 46 voltas/acidente
Michael Schumacher (ALE/Mercedes) - a 46 voltas/motor
Timo Glock (ALE/MVR-Cosworth) - a 48 voltas/suspensão

Não largou:
Sergio Pérez (MEX/Sauber-Ferrari) - acidente no treino classificatório

Melhor volta: Mark Webber (AUS/RBR-Renault) - 1m16s234, na 78ª

A próxima etapa acontece no Canadá, dia 12 de junho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário