18 de junho de 2011

"BEIRUTAÇO" PARA SALVAR FREVINHO

Símbolo da São Paulo glamourosa dos anos 50, a unidade da Lanches Frevo da Rua Oscar Freire, nos Jardins, vai ganhar uma homenagem dos frequentadores. Com a ameaça de fechamento do local, após uma incorporadora ter comprado o prédio onde está o tradicional restaurante, um grupo de clientes promete demonstrar sua indignação neste sábado (18), a partir das 14h30. Eles criaram no Facebook o movimento “Beirutaço da Resistência”. Cerca de 400 pessoas confirmaram presença.

A ideia da manifestação é consumir o máximo possível de beirutes, o principal prato da casa. Cada um pagando o seu, é bom frisar. Os organizadores levarão a banda Chupisco, há duas décadas tocando pelas ruas da cidade, para animar os convidados de todas as gerações.

Parte da memória afetiva de muitos paulistanos, o Frevinho, como é chamado pelo público (sendo esse, na verdade, o nome da lanchonete da rede da Rua Augusta), está no mesmo local desde 1956.

O contrato de aluguel vai até 2012. Mas há no documento uma garantia legal de renovação da locação, que permitiria à lanchonete permanecer onde está por mais sete anos. Isso não impede uma oferta de indenização dos proprietários ao empresário da casa.

MAIS UMA TRADIÇÃO QUE DESAPARECE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário