25 de junho de 2011

DOIS ANOS SEM MICHAEL JACKSON

MICHAEL JACKSON
(29 de agosto de 1958 — 25 de junho de 2009)
O trono do Rei do Pop está vazio há dois anos.

Aos 50 anos, Michael Jackson deixou orfãos seus fãs. Músico de talento incrível, com uma voz extraordinária e totalmente única continua nos encantando através de seus CDs ou seus vídeos que inovaram o modo de ouvir, ver e vender música. Entrou para o Guinness World Records como o maior artista de todos os tempos (ganhador de 15 Grammys e com 41 músicas que chegaram ao topo das paradas), assim como seu álbum Thriller que se tornou o álbum mais vendido no mundo inteiro.

Dançarino com um estilo único, criador dos passos do robô e Moonwalk que se tornaram febre mundial. Afinal, quem nunca andou para trás, rodou e soltou aquele gritinho típico segurando suas partes mais íntimas que atire a primeira pedra.

Ou rachou a cabeça de tanto pensar e caiu ao tentar (apenas tentar) realizar o truque de se inclinar num ângulo de 45° como ele fez pela primeira vez com seus dançarinos no clip Smooth Criminal. Verdadeiro efeito antigravidade no passo conhecido como The Lean.

Aliás, truque realizado com uns sapatos especiais e demais apetrechos devidamente patenteados pelo próprio Michael.

Como filantropo e humanitário Michael Jackson doou milhões de dólares à caridade. Fez músicas lindíssimas que nos encheram de esperança e também criticaram essa sociedade que faz guerras, que esquece suas crianças, que não se preocupa com a fome crescente no planeta ou sua destruição. Músicas como Human Nature, Heal de World, We are the World (USA for Africa), Earth Song, Man in the Mirror e They Don't Care About Us (com vídeo clip realizado no Brasil), entre tantas outras.

Apesar de tantas polêmicas e excentricidades ele simplesmente permanece em nossa memória como o maior de todos os ídolos da música pop. E com certeza continua sendo a pessoa mais famosa do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário