19 de junho de 2011

MARCHA DA LIBERDADE

Cerca de 2.000 pessoas, dos mais diversos movimentos sociais, acompanharam neste sábado (18) a Marcha da Liberdade em São Paulo. O ato aconteceu simultaneamente em mais de 40 cidades brasileiras.

Os manifestantes marcharam pela liberdade de expressão e contra a repressão policial, mas também levantaram a bandeira da legalização das drogas. Ao contrário da Marcha da Maconha do dia 21 de maio, quando a PM repreendeu o protesto com violência, o ato de ontem não registrou nenhum incidente.

Após a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), que autorizou as marchas pela legalização da maconha, os manifestantes puderam usar cartazes e entoar cantos a favor da droga. Integrantes de movimentos como o de ciclistas, feministas e homossexuais estiveram no protesto.

MAIS UMA VEZ:
SERÁ QUE ESSAS PESSOAS NÃO TEM COISAS MAIS IMPORTANTES PARA PROTESTAR???

Nenhum comentário:

Postar um comentário