30 de junho de 2011

ROJAS É PRESO NO CHILE

O ex-goleiro chileno, Roberto Rojas foi detido nesta quinta-feira (30), em Santiago, por uma suposta agressão a duas mulheres.

O incidente ocorreu em um condomínio do município de La Florida, onde Rojas visitava parentes, e começou quando uma das mulheres, Paola Toro, bateu no carro de um dos familiares do ex-goleiro ao tentar estacionar o veículo. Paola Toro declarou que, ao chegar a sua casa, Rojas começou a discutir com ela.

Durante a discussão, o ex-goleiro supostamente acertou um soco na mulher, provocando a reação de Paola, que sofreu uma fratura na mão. Rojas, 53 anos, foi detido, conduzido a uma delegacia do setor e ainda nesta quinta deve comparecer perante o tribunal para ser acusado formalmente pelo delito de lesões graves.

Rojas ficou famoso por fingir ter sido atingido por um sinalizador no episódio da "fogueteira do Maracanã", em 1989, na partida entre Chile e Brasil pelas Eliminatórias da Copa de 1990.

Banido do futebol por conta do episódio, Rojas foi ajudado por Telê Santana, então técnico do São Paulo. O chileno passou a treinar os goleiros do clube do Morumbi e, em 2003, chegou a ser o treinador do time tricolor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário