16 de junho de 2011

VÔO 477 DA AIR FRANCE

O navio que realizou a última operação de busca de corpos de vítimas do acidente com o voo 447 da Air France chegou nesta quinta-feira (16) à França.

O "Ile de Sein" atracou no começo da manhã no porto de Bayonne trazendo peças da aeronave e os corpos de 104 vítimas da tragédia do voo Rio Paris, que ocorreu há dois anos, em 31 de maio de 2009, e matou todas as 228 pessoas a bordo.

A embarcação, que finalizou sua missão de rastreamento no oceano Atlântico no último dia 3, transportou até Bayonne três contêineres com destroços do Airbus modelo A330 da Air France, mais outro contêiner com os 104 corpos que puderam ser resgatados nesta fase de buscas.

Um caminhão, escoltado por policiais da Gendarmeria (a Polícia Militar francesa), deixou o porto de Bayonne transportando os corpos para o Instituto Médico Legal de Paris, onde serão identificados.

De acordo com a Gendarmeria, os 104 corpos que foram resgatados entre o final de abril e o início de junho, juntam-se aos primeiros 50 corpos resgatados logo depois do acidente, o número total chegou a 154. Por outro lado, outros 74 corpos permanecem entre os restos do avião no fundo do mar.

Graças às caixas-pretas, resgatadas no início de maio, o BEA (Escritório de Investigação e Análises) conseguiu estabelecer que a queda do avião durou 3 minutos, mas ainda sem poder determinar ainda as causas da catástrofe. Um novo relatório deverá ser apresentado no final de julho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário