7 de julho de 2011

22º PRÊMIO DA MÚSICA BRASILEIRA

Na noite desta quarta-feira (06) aconteceu no Theatro Municipal, no Rio, o 22º Prêmio da Música Brasileira, que teve como destaque uma homenagem a Noel Rosa. A cerimônia foi marcada por apresentações de diversos artistas cantando os clássicos sucessos do cantor e compositor.

Confira a lista completa de vencedores:

ARRANJADOR
Cristóvão Bastos, por "Tantas Marés" (Edu Lobo)

CANÇÃO
"Dolores e suas desilusões", de Monarco e Mauro Diniz, interpretada por Zeca Pagodinho

PROJETO VISUAL
"Capoeira de Besouro", disco de Paulo César Pinheiro com projeto de Gringo Cardia

REVELAÇÃO
Luísa Maita

CANÇÃO POPULAR

MELHOR ÁLBUM
"Cine Tropical", de Criolina

MELHOR DUPLA
Zezé Di Camargo & Luciano

MELHOR GRUPO
Roupa Nova

MELHOR CANTOR
Reginaldo Rossi

MELHOR CANTORA
Sandra de Sá

INSTRUMENTAL

MELHOR ÁLBUM
"Gismontipascoal - A Música de Egberto e Hermeto", de Hamilton de Holanda e André Mehmari

MELHOR SOLISTA
Hamilton de Holanda

MELHOR GRUPO
Trio de Câmara Brasileiro

MPB

MELHOR ÁLBUM
"Quando o Canto É Reza", de Roberta Sá & Trio Madeira Brasil

MELHOR GRUPO
Os Cariocas

MELHOR CANTOR
Emílio Santiago

MELHOR CANTORA
Roberta Sá

POP/ROCK/REGGAE/ HIP-HOP/FUNK

MELHOR ÁLBUM
"Música de Brinquedo", do Pato Fu

MELHOR GRUPO
Pedro Luís e a Parede

MELHOR CANTOR
Lulu Santos

MELHOR CANTORA
Vanessa da Mata

REGIONAL

MELHOR ÁLBUM
"Capoeira de Besouro", de Paulo César Pinheiro

MELHOR DUPLA
Renato Teixeira e Sérgio Reis

MELHOR GRUPO
Quinteto Violado

MELHOR CANTOR
Vitor Ramil

MELHOR CANTORA
Elba Ramalho

SAMBA

MELHOR ÁLBUM
"Pra Gente Fazer Mais um Samba", de Wilson das Neves

MELHOR GRUPO
Gafieira São Paulo

MELHOR CANTOR
Zeca Pagodinho

MELHOR CANTORA
Alcione

CATEGORIAS ESPECIAIS

DVD
"Ao Vivo Lá em Casa", de Arnaldo Antunes

ÁLBUM EM LINGUA ESTRANGEIRA
"Alma Mia", de Leny Andrade

ÁLBUM ERUDITO
"Chopin - The Nocturnes", de Nelson Freire

ÁLBUM INFANTIL
"Quando Eu Crescer", de Éramos Três

ÁLBUM PROJETO ESPECIAL
"Adoniran 100 anos", vários

ÁLBUM ELETRÔNICO
"Calavera", de Guizado

UÉ! CADÊ O

Nenhum comentário:

Postar um comentário