3 de julho de 2011

40 ANOS SEM JIM MORRISON


Apesar da maioria dos presentes não ter idade suficiente para ter acompanhado de perto a carreira do ídolo, fãs de Jim Morrison se reuniram neste domingo (03) no cemitério parisiense de Père-Lachaise, 40 anos após a morte do vocalista do The Doors.

Com camisetas de Morrison e do The Doors, os fãs se reuniram ao redor do túmulo do lendário cantor que morreu em Paris no dia 3 de julho de 1971. A sepultura coberta de fotos, poemas, flores, velas e outros objetos estava protegida por barreiras. Com incensos, muitos visitantes permanecem longos períodos em silêncio em frente ao túmulo.

Condenado nos Estados Unidos por atentado ao pudor, o cantor foi para o exílio em Paris durante a primavera de 1971, rompendo com sua banda. Ao lado de Pamela Courson tinha a intenção de se dedicar à poesia. No entanto, a saúde do roqueiro que chegou a ser um sex-symbol se deteriorava rapidamente com o álcool e drogas. Na manhã do dia 3 de julho foi encontrado morto na banheira de sua casa. Segundo a perícia, morreu de um ataque cardíaco aos 27 anos, a mesma idade com que morreram antes dele Jimi Hendrix, Janis Joplin e Brian Jones.

Quarenta anos depois de encontrarem Jim Morrison morto em uma banheira, em Paris, as causas da morte do "Rei Lagarto" ainda são um mistério.

A IDADE NÃO INTERESSA, O QUE INTERESSA É O BOM GOSTO PARA MÚSICA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário