12 de julho de 2011

HOJE ESTRÉIA O ASTRO

Estréia nesta terça-feira (12) na Rede Globo, o remake de O Astro. A princípio chamado de macrossérie, depois anunciado como a novela das 23 horas. No site oficial, O Astro é apresentado como especial da Rede Globo.

Independente da definição, a expectativa é grande para a estreia da trama, que fez sucesso em 1977 com Janete Clair como escritora e Daniel Filho, na direção geral.

Rodrigo Lombardi dará vida ao protagonista Herculano Quintanilha, personagem que na primeira versão foi de Francisco Cuoco. Aliás, Chico Cuoco fará uma participação pra lá de especial na adaptação feita por Alcides Nogueira e Geraldo Carneiro. Ele será um velho homem que já está preso há quinze anos, e que ensina a Herculano, que será preso no início da novela, os segredos do ilusionismo, da magia, e os fundamentos teóricos da astrologia e do tarô.

Conheça os principais personagens e quem os fazia na primeira versão da trama:

HERCULANO QUINTANILHA
(Rodrigo Lombardi)
Na primeira versão foi vivido por Francisco Cuoco
Herculano é homem extremamente sedutor e carismático. Irradia um magnetismo muito forte. Sempre viveu de golpes, até ser preso. Na cadeia, aprendeu sobre astrologia, vidência, telepatia e mágica com o velho Ferragus (Francisco Cuoco).

Com esses "truques" Herculano subirá na vida, exercendo enorme influência sobre a poderosa família Hayalla. É um herói ambivalente, dotado de afeto e fidelidade às pessoas de quem gosta, como Márcio Hayalla (Thiago Fragoso), com quem estabelece uma relação de respeito e afeto. Tem um filho com Doralice (Marcela Muniz), chamado Alan (Bernardo Marinho). Mas é com Amanda (Carolina Ferraz) que viverá a grande história de amor da novela.

AMANDA
(Carolina Ferraz)
Na primeira versão foi vivida por Dina Sfat
Filha de Adolfo Mello Assunção (Reginaldo Faria) e irmã de Jôse (Fernanda Rodrigues). Linda, sensual, inteligente e culta, a arquiteta, é a responsável pelos projetos mais importantes da Construtora Signus, do seu pai.

Constantemente, Amanda é assediada por Samir Hayalla (Marco Ricca), que quer consquistá-la não só pela paixão, mas para ter o controle da empresa. Sua vida muda radicalmente quando conhece Herculano Quintanilha, que vai fasciná-la pela inteligência, pela capacidade de adivinhá-la e de compreender mistérios melhor do que ela mesma.

SALOMÃO HAYALLA
(Daniel Filho)
Na primeira versão foi vivido por Dionísio Azevedo
Salomão é um imigrante libanês que fez fortuna graças ao seu trabalho incansável. Fundou o Grupo Hayalla, que engloba uma poderosa rede de supermercados e vários outros negócios lucrativo. Despótico, dá broncas terríveis nos irmãos pela incompetência deles.

Essas rixas de família farão com que, mais tarde, os irmãos Hayalla sejam suspeitos do assassinato de Salomão. É um homem duro e ríspido, sem qualquer tato para questões afetivas. Casou-se com Clô (Regina Duarte), com quem tem um filho, Márcio (Thiago Fragoso). Porém apaixona-se por Lili (Alinne Moraes), que trabalha em um de seus supermercados. É um amor cândido e platônico que mostrará um outro lado de Salomão.

CLÔ HAYALLA
(Regina Duarte)
Na primeira versão foi vivida por Tereza Rachel
Mulher de Salomão Hayalla e mãe de Márcio (Thiago Fragoso), o casamento de Clô com o empresário foi arranjado entre as duas famílias, por isso vive às turras com o marido. Fútil e fofoqueira, ela está sempre muito mais preocupada com sua intensa vida social do que com a família, mas ama o filho, apesar de todas as diferenças entre os dois.

O papel promete bombar ainda mais por conta do caso entre Clô e o jovem Felipe Cerqueira (Henri Castelli). Quando conhece Herculano Quintanilha, simpatiza imediatamente com ele, que se aproveitará disso para aumentar sua ascendência sobre a família.

MÁRCIO HAYALLA
(Thiago Fragoso)
Na primeira versão foi vivido por Tony Ramos
Márcio é filho de Salomão e Clô, e despreza o apego do pai ao dinheiro. Tem paixão pela música e pela figura de São Francisco de Assis. Está sempre preocupado em ajudar os outros, e seu maior desejo é levar uma vida simples, mas feliz.

Márcio acredita, entre outras coisas, no desenvolvimento sustentável, na erradicação da miséria e na inclusão social. Se despoja de seus bens materiais, para desgosto de seu pai. Nem passa pela cabeça dele tomar parte nos negócios do Grupo Hayalla. Na trama, ele vai se apaixonar por Lili (Alinne Moraes), formando um triângulo amoroso com Salomão, seu próprio pai.

LILI
(Alinne Moraes)
Na primeira versão foi vivida por Elizabeth Savalla
Linda e jovem, Lili causa comoção por onde passa. Ela é de bem com a vida e sempre pronta para enfrentar qualquer dificuldade. Filha de Consolação (Selma Egrei) e irmã de Laura (Simone Soares), a gata não suporta o cunhado, Neco (Humberto Martins), pois acha que ele quer lucrar ainda mais com ela.

Por isso, Lili resolve mudar de emprego e começa a trabalhar em um dos supermercados do grupo Hayalla. É lá que Salomão a conhece e se apaixona. Mais tarde, quando conhece Márcio, a morena reconhece nele o verdadeiro amor. Os dois vivem uma bela, mas difícil história de amor. Nesse momento, Lili é demitida do supermercado e vai trabalhar como taxista.

JÔSE
(Fernanda Rodrigues)
Na primeira versão foi vivida por Sílvia Salgado
A personagem, irmã mais nova de Amanda, com a morte da mãe, a filha mais velha passou a cuidar de Jôse. As duas se dão muito bem, mas a caçula é o oposto da irmã.

Fechada e insegura, ela é apaixonada por Márcio Hayalla (Thiago Fragoso) desde criança. Ela é uma fotógrafa famosa. Na versão original da novela, Jôse acaba morrendo e deixando o caminho livre para Lili.

SAMIR
(Marco Ricca)
Na primeira versão foi vivido por Rubens de Falco
Irmão mais novo de Salomão e também o mais próximo do patriarca dos Hayallas. Inteligente, ambicioso e com faro aguçado para os negócios. Sabe que Márcio (Thiago Fragoso) não quer ocupar o lugar do pai da presidência da empresa, por isso planeja, um dia, tomar o lugar do irmão mais velho.

Quer se casar com Amanda por amor e interesse. Ele sonha conquistá-la para ter ao seu lado a mulher que tanto ama e também a construtora da família dela. Ele mantém um relacionamento escondido com Beatriz (Guilhermina Guinle), que é a melhor amiga de Amanda.

FELIPE
(Henri Castelli)
Na primeira versão foi vivido por Edwin Luisi
Filho de Cerqueira (Celso Frateschi), o rapaz gasta o dinheiro do pai e não faz nada da vida. Bonito, charmoso e esperto, está sempre cercado de amigos, entre eles, Artur (Rafael Primot), com quem manterá uma relação amorosa.

Aliás, quem também cairá nas armadilhas do bonitão será Clô Hayalla, que manterá um caso extraconjugal com o rapaz. Na versão original da trama, Felipe foi o responsável pelo assassinato de Salomão Hayalla. Mas os autores do remake já disseram que não é certo que seja ele. O moreno também estará ligado a um grupo de jovens delinquentes da classe alta.

NECO
(Humberto Martins)
Na primeira versão foi vivido por Flávio Migliaccio
Ainda muito jovem, foi comparsa de Herculano Quintanilha no roubo dos donativos para a igreja de Bom Jesus do Rio Claro. Foi para o Rio de Janeiro e procurou mudar de vida, embora seu mau-caratismo nunca tenha desaparecido.

Casou-se com Laura (Simone Moraes), com quem teve dois filhos. Montou o Penha Fashion, um ajeitado salão de beleza. Implica com sua cunhada Lili, mas, na verdade, morre de vontade de tê-la em seus braços. Neco será um dos grandes inimigos de Herculano.

VAMOS VER SE A GLOBO CONSEGUE O MESMO SUCESSO DA PRIMEIRA VERSÃO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário