27 de agosto de 2011

ACIDENTE NO BONDE DE SANTA TEREZA NO RIO

Na tarde deste sábado (27) aconteceu um acidente no Bondinho de Santa Tereza, zona Sul do Rio de Janeiro. O acidente ocorreu na altura do número 273 da Rua Joaquim Murtinho. O bonde vinha descendo rumo à estação final, no centro da cidade, de acordo com testemunhas. Antes de tombar sobre a pista, ele teria descarrilado. Segundo o Corpo de Bombeiros, as causas do acidente ainda estão sendo apuradas. Até o momento sabe-se apenas que o veículo descarrilou antes de tombar.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, pelo menos cinco pessoas morreram. Quatro vítimas morreram no local do acidente e uma no Hospital Municipal Souza Aguiar. Cerca de 30 feridos foram hospitalizados. Uma das vítimas é o condutor do bonde. Várias ambulâncias do corpo de bombeiros foram ao local do acidente para retirar feridos presos às ferragens. Quatro pessoas estão em estado grave, dois com traumatismo craniano e dois com traumatismo de tórax.

Os bombeiros afirmaram que ainda não é possível apontar as causas do acidente. A perícia está no local, mas o acidente aconteceu num lugar delicado, numa descida em curva.

O secretário estadual de Transporte, Julio Lopes, que foi vaiado ao chegar no local do acidente, admitiu que o bonde passava por reformas, mas informou que os reparos ainda não tinham sido concluídos. Segundo o secretário, há informações de que o bonde estaria super lotação. "A questão da superlotação e do uso inadequado é algo que nos preocupa muito e temos informações preliminares de que o bonde estava muito cheio", afirmou.

"Pela informação que nós temos este bonde número 10 não havia sido submetido a reforma completa, ele não era da mesma geração daquele do acidente em junho...", afirmou. Lopes. "Foi uma fatalidade, uma tragédia e teremos transparência na apuração deste caso", disse Lopes sobre o acidente.

A movimentação de bondes foi suspensa por conta do acidente.

Em junho passado, o turista francês Charles Damien Pierson morreu ao despencar de um bondinho que passava sobre os Arcos da Lapa, a uma altura de 15 metros. Pierson, de 24 anos, viajava no estribo, do lado de fora do veículo, e perdeu o equilíbrio ao inclinar o corpo para tirar uma fotografia no momento em que o veículo trafegava sobre os Arcos da Lapa.

O trilho é cercado por uma tela, mas, segundo as testemunhas do acidente, a proteção só fica presa pelas laterais, em barras de ferro. Pierson teria escorregado por baixo da tela. Um morador de rua que presenciou a queda contou ainda que dois adolescentes roubaram a câmera fotográfica do turista e pertences que estavam em seu bolso.

LAMENTÁVEL QUE ISSO AINDA ACONTEÇA NA CIDADE MARAVILHOSA!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário