13 de setembro de 2011

JUSTIÇA DENUNCIA MOTORISTA QUE BATEU EM SHAOLIN

O Ministério Público da Paraíba denunciou o motorista Jobson Clemente Benício, de 23 anos, por crime de lesão corporal no acidente que envolveu o humorista Shaolin. No processo, o promotor Luciano Maracajá disse que Benício deixou de prestar socorro e fugiu do local depois de ter invadido a faixa e batido no carro do humorista.

Jobson Clemente Benício
O acidente aconteceu no dia 18 de janeiro deste ano e Benício só se apresentou à polícia no dia 20. Ele prestou depoimento e foi liberado em seguida. De acordo com o MP, o motorista ainda não foi localizado e não há uma data agendada para que os advogados apresentem a defesa. A denúncia foi feita na sexta-feira (9).

Desde o acidente, já foram ouvidos policiais rodoviários federais; médicos do Samu, que prestaram os primeiros atendimentos ao humorista e pessoas da comunidade local, que presenciaram o ocorrido.

A mulher do humorista, Mauria Laudicéia não quis comentar o assunto e disse que não conta nada sobre o processo para o marido para não deixá-lo tenso.

Mauria Laudicéia
Depois de meses internado no Hospital das Clínicas, em São Paulo, Shaolin voltou para sua terra natal, Campina Grande (PB), onde a família faz tratamento para sua recuperação. Apesar de estar em casa, o tratamento do humorista continua o mesmo do hospital com rotinas diárias de fisioterapia e outros tratamentos. Três vezes por semana, ele recebe a visita de uma fonoaudióloga e uma vez por semana, de uma neurologista.

Segundo sua mulher, Maria Laudicéia, ele expressa emoções quando algumas pessoas se aproximam e está reagindo bem ao tratamento, porém seu estado continua o mesmo.

No dia 19 de maio, Shaolin foi transferido da UTI do Hospital das Clínicas para o quarto, ainda respirando com ajuda de aparelhos e em estado grave. Uma semana depois, no dia 25, os aparelhos que auxiliavam na respiração foram retirados, mas Shaolin continuava em coma.

O humorista Shaolin deixou o quarto do Hospital das Clínicas, no dia 10 de junho, “em estado mínimo de consciência e clinicamente estável”, segundo boletim médico. Ele foi levado até Campina Grande (PB), onde vive com a família, para continuar o tratamento de reabilitação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário