15 de janeiro de 2012

RALLY DAKAR - 13

 
No sábado (14) os competidores cumpriram a 13ª Etapa do Rally Dakar 2012, entre as cidades de Nasca e Pisco, no Peru, num percurso de 275.


Marc Coma praticamente deu adeus ao título das motos. Neste sábado, o espanhol foi apenas o 18º colocado na etapa, enquanto o companheiro de equipe e líder geral, Cyril Despres, chegou em segundo e se distanciou na ponta da classificação. O francês completou o percurso apenas 40 segundos após o português Helder Rodrigues, o mais rápido do dia com o tempo de 3h21m16s.

Entre os brasileiros, Felipe Zanol foi mais uma vez o destaque. O mineiro completou o percurso deste sábado na 12ª colocação, após 3h31m42s de prova, e é o 10º no geral.

Depois de terminar em sétimo na etapa anterior, o francês Stephane Peterhansel venceu a 13ª etapa nos carros e consolidou ainda mais sua vantagem na liderança. O piloto vai para o percurso final com quase 43 minutos de diferença para o espanhol Joan Roma, o segundo colocado. Neste sábado, ele fechou em 3h09m47s.

A mais de oito minutos de distância do vencedor, o sul-africano Giniel de Villiers ficou com a segunda colocação. O russo Leonid Novitskiy foi o terceiro colocado. O destaque da etapa foi o brasileiro Jean Azevedo. Ele chegou na oitava posição, em 3h34m19s, e pulou para 12º na classificação geral.

Nos caminhões, o destaque foi o trio formado pelos brasileiros André Azevedo e Maykel Justo e pelo tcheco Mira Martinec, que fecharam o percurso na segunda posição, melhor resultado até aqui, e agora ocupam a oitava colocação geral. Eles chegaram a vinte minutos do veículo comandado pelo russo Andrey Karginov, que venceu a etapa em 3h33m27s.

O holandês Hans Stacey foi o 3º colocado, mas o título está praticamente nas mãos do compatriota Gérard De Rooy, que tem uma diferença de 50 minutos sobre os rivais. Neste sábado, o líder foi apenas o sexto, atrás também de Miki Biasion e Ilgizar Mardeev.

O argentino Tomas Maffei resolveu se meter mais uma vez na disputa dos irmãos Alejandro e Marcos Patronelli. Com 4h00m42s. O uruguaio Sergio La Fuente foi o segundo, à frente dos líderes do campeonato.

Alejandro, no entanto, continua na liderança, 1h19m48s à frente de seu irmão, Marcos. Vencedor da etapa, Maffei ocupa a terceira posição no geral, mas com poucas chances de título.
.
Neste domingo será disputada a última e decisiva etapa da competição. A chegada do rali, que começou na cidade de Mar del Plata, na Argentina, e passou pelo Chile, termina em Lima, capital do Peru.

Nenhum comentário:

Postar um comentário