14 de março de 2012

BBB 12 - ELIMINAÇÃO - 09


Nesta terça-feira (13), João Carvalho e Yuri disputaram a preferência do público para continuar concorrendo ao prêmio de R$ 1.500.000,00.
 
 
Com 51,23% dos votos, Yuri é eliminado do BBB 12
 

Bial faz um discurso, lembrando a personalidade de cada emparedado:
 
“Se eu entrasse no Big Brother... Se me sucedesse tal fatalidade... Se eu entrasse no Big Brother... Tratava logo de ocupar... A cozinha! ‘Entendeu’?

Eu dominava aquele futon do jardim, virava meu... Meu ringue, ‘gente’! ‘Por que eu’? Lá, na minha cozinha, meu quartel lá ficaria firme... Ao leme do fogão, recebendo meus brothers, de luvas. Para ninguém se queimar. De luvas, para bater. Ficava ali, soberano, no meu tatame, derrubando meninos... E meninas... No pedaço... ‘Pirei’.

Eu não me envolveria com grupos ou tribos, não teria lado, seria eu e minhas panelas, contra todos, deixava que Selva e Praia se explodissem, ‘entendeu’? Eu seria selva até o fim. Só que eu me conheço. Se pintasse alguém, se me apaixonasse, iria até às últimas consequências. Sabe lá, vai que encontro a mulher da minha vida? Linda, divina, perfeita! ‘Não dava conta... ’. ‘Sim... ’, talvez chegasse a hora em que meu jogo individual virasse uma grande solidão, cercada de praia e selva por todos os lados. Mas... ‘Tem que 'jugar'... ’.

E se a mulher da minha vida fosse embora? E se de tudo o que vivemos, ficasse só um edredom? Ah, se meu edredom falasse... ‘pirei’. Tá bom, eu diria, finalmente: Agora eu tenho um lado... ‘Entendeu?’. ‘A, não gente!’ Talvez eu surtasse: usasse o edredom amarrado no pescoço, como capa de super-herói, e passasse a acreditar que tinha mesmo Superpoderes...

João Carvalho, você foi longe demais. Yuri, você não ficou para trás. De que vale a sua arte, agora, lutador? De que vale, amigo? Duas generosidades, vocês. João pé de feijão. Super-Yuri. Tudo o que João quer oferecer é amizade, um milhão de amigos. O Yuri só pede paixão. Sem conta.

Um (João) gosta da sombra dos vales de minas, de Noruegas. Noruegas é como chamam-se, no sertão mineiro, as encostas sombrias, úmidas, escondidas do sol. O outro (Yuri) é de planuras ensolaradas, desembestados pelo Planalto Central. Qual um tataraneto torto de Macunaíma, do fundo da mata virgem. João e Yuri não têm nada a ver um com o outro, além do fato de brigarem como só irmãos brigam. E de compartilharem desse Paredão. E ai neguinho vem, e diz não. Não, acredite: Você está eliminado, Yuri".

Nenhum comentário:

Postar um comentário