28 de março de 2012

BBB 12 - ELIMINAÇÃO - 13


Nesta terça-feira (27), Fael e Jonas disputaram a preferência do público para continuar concorrendo ao prêmio de R$ 1.500.000,00.


O gaúcho, grande defensor dos brothers da Praia, saiu da casa com 54% dos votos, uma diferença pequena na disputa com seu amigo Fael, neste décimo terceiro Paredão. 


Ele leva R$ 50 mil e o título de terceiro colocado do programa.

Confira, na íntegra, o discurso de Pedro Bial na eliminação de Jonas:

“Dois garotos de ouro. Viveram um desses encontros improváveis, que só mesmo no Big Brother para acontecer. Vêm de dois universos bem distantes, e aí se descobriram tão próximos. Têm a mesma idade, a mesma voracidade. Querem engolir o mundo, abraçar a vida com mil braços. Sabem, têm certeza que são homens de sorte, abençoados com beleza, inteligência, charme e carisma... O carisma.

Fael de ‘bicho do mato’ não tem nada. A cidadezinha de Aral Moreira formou um cara com pinta de cidadão do mundo. A diferença não assusta Fael. Ao contrário, o atrai.
Jonas também. Quando a Selva estava no poder e pirou na batatinha, Jonas encarava as piores provocações com aquele sorrisinho nos lábios. Sorria para ganhar tempo para pensar. E pensou.
Fael se recolheu, no início, mas nunca esteve ausente, procurava um caminho. E encontrou.
Para além do narcisismo básico que os trouxe até o BBB, Fael e Jonas têm a humildade... dos espertos. E, o carisma...

Jonas, grande Jonas, queridão máximo. O mister que veio para acabar com esse negócio de mister. Ou, pelo menos, de mister burro e bonito. E você nem é tão bonito. Tá bom, tá bom... Não é de se jogar fora... Nada burro. Grande e forte. Grande, forte, e, sobretudo, doce. Doce.
No quesito doçura, então, o páreo fica duríssimo. Fael é um mel. E também abelha, zangão, às vezes. Como tu também, Jonas, dá suas ferroadas.

Fael, Jonas que gostosa a amizade de vocês dois. A implicância branda, um cutucar amigo, e nessa rivalidade brincalhona, um foi adiantando o outro, com humor, malícia fofa, levando um ao outro à final.
Hoje é a final de vocês. Quem vai ter a honra da última valsa com Fabiana? Qual dos dois cavalheiros tão companheiros, qual dos dois amigos tão amigos agora para sorrir da vitória que parecia tão perto e lhe fugiu.

Quem vai rir da própria derrota? Qual é a graça, agora? Qual é a desgraça, agora? Nenhum desastre. Jogar, perder, viver.O Big Brother Brasil não é mais seu, mas o mundo será, pode crer. Sinto muito, Jonas".

Nenhum comentário:

Postar um comentário